A origem do carnaval
(12.02.2015 – Pastor Silas Malafaia)

Por que os evangélicos não devem participar de nenhum evento ligado ao Carnaval, uma festividade típica do Brasil? Qual a origem dessa festa? A origem do Carnaval ainda é desconhecida. As primeiras referências a ele estão relacionadas a festas agrárias. Alguns atribuem seu surgimento aos cultos de agradecimento aos deuses pela fertilidade do solo e pela colheita, realizados na Grécia durante o século 7 a.C. A festividade incluía orgias sexuais e bebidas, e os foliões usavam máscaras e disfarces simbolizando a inexistência de classes sociais. As folias do Carnaval também estão ligadas às festas pagãs romanas, marcadas pela licenciosidade sexual, bebedeira, glutonaria, orgias coletivas e muita música. Eram conhecidas como bacanais (em homenagem a Baco, o deus do vinho e da orgia), lupercais (em homenagem ao deus obsceno Pã, também chamado de Luperco) e saturnais (em homenagem ao deus Saturno, que, segundo a mitologia grega, devorou seus próprios filhos). Com o advento do cristianismo, a Igreja Católica Apostólica Romana começou a tentar conter os excessos do povo nessas festas pagãs e a condenar a libertinagem. Porém, com a resistência popular, em 590 d.C. ela própria o¬ oficializou o Carnaval dando origem ao “carnaval cristão”, quando o Papa Gregório I marcou definitivamente a data do Carnaval no calendário eclesiástico. Esse momento de grandes festejos populares antecedia a Quaresma, período determinado pela Igreja Católica para que todos os anos os fiéis se dedicassem, durante 40 dias, a assuntos espirituais, antes da Semana Santa. No período que ia da Quarta-feira de Cinzas até o Domingo de Páscoa, o povo deveria entregar-se à austeridade e ao jejum, para lembrar os 40 dias que Jesus passou no deserto consagrando-se. Como o povo enfrentaria um longo período de privações e abstinência, alguns “carnais” permitiram que o povo cometesse então algumas extravagâncias antes. Às vésperas da Quaresma, os cristãos fartavam-se de assados e frituras entre o domingo e a “terça-feira gorda”. O que deveria ser apenas uma festa religiosa acabou assimilando os antigos costumes de libertinagem e bebedeiras. Esses dias de “vale-tudo” que antecedem a Quaresma, em que as pessoas ¬ ficam 40 dias sem comer carne, passaram a ser chamados de adeus à carne, que em italiano é carne vale, ou carnevale, resultando na palavra carnaval.
A Quarta-feira de Cinzas, primeiro dia da Quaresma, simbolizava o momento em que as pessoas se revestiam de cinzas, evocando que do pó vieram e para o pó retornariam, e ingressavam no período em que a Igreja celebra a paixão, a morte e a ressurreição de Jesus Cristo. Visto que até hoje essa festa da carne traz consequências físicas, morais e espirituais degradantes, estampadas nos noticiários da Quarta-feira de Cinzas, aconselho aos que não participam do Carnaval que continuem de fora; e, aos que participam ou pretendem participar, meu conselho é 1 João 2.16: Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo.
Sendo assim, não convém ao cristão, mesmo a título de curiosidades, participar dessa festividade.

(http://www.vitoriaemcristo.org/_gutenweb/_site/gw-noticias-detalhe/?cod=1034)

Todas estas coisas que acontecem durante este período, nos traz muita tristeza ao nosso coração, agora imaginem o coração de Deus que é tremendamente sensível ao pecado. Precisamos orar mais e mais para que tudo isto acabe e o povo brasileiro aprenda a se divertir de uma maneira correta. Neste período muitos lares são desfeitos, filhos ficam abandonados, gastam o dinheiro que não têm, tudo para satisfazer a carne que um dia morre e vira pó. Faço um apelo com muito carinho pra você: Cuide da sua vida espiritual, busque a Jesus Cristo e ganhe a Vida Eterna. Esta é a verdadeira alegria!!!






22h00 ::   :: Envie esta mensagem!




Meu Perfil



Eu e minha família:
Meu nome é Neide Constancio, sou pastora, casada com Pr. Ivo Constancio, tenho 2 filhos: Marcos Levi e Renan; 3 netos: Bruno Levi, Carlos Levi e Ana Beatriz; 1 bisneta: Kaila.

Meu aniversário:
11 de junho

Meu Estado:
Moro no Rio de Janeiro

Minha Cidade:
Nilópolis

Versículo Preferido:
"Sê fiel até a morte, e dar-te-ei a coroa da vida" (Apocalipse 2.10b)

Hino Preferido:
"Tu és Fiel, Senhor"

Eu amo:
A Deus, minha família, meus amigos....

Não gosto:
De tudo que desagrade a Deus.

Gosto de:
Ler livros edificantes, intercessão, música, conversar, blogar e visitar blogs.

Meu E-mail:
neidecards@gmail.com



Humor Atual


Início do Blog: 13-07-2005

11 anos no ar


SALA DO NIVER DO BLOG



VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil





MEU RECANTO DE EVENTOS


Para refletir hoje...







Link-me!










MEU AWARD






PRESENTE PARA VISITANTES




.::Meus outros Blogs::.


 



EU PARTICIPO



SALA DE HOMENAGEM